2.2.17

Saint-Ursanne e o silêncio do inverno

A Suíça como eu já escrevi aqui, é um país muito silencioso, além de calmo. Some-se a isso um inverno longo, onde os dias por si só, além de curtos, são na maioria das vezes, cinzas e nublados. Isso contribui para que a atmosfera daqui se torne ainda mais soturna e quieta.

St Ursanne e a quietude do inverno
Durante o inverno, aqui na Suíça, algumas cidades parecem ficar completamente "desertas", principalmente aos finais de semana. Mesmo cidades que tenham alguma atração turística, como castelos por exemplo, podem dar a impressão de estarem "vazias" porque pontos turísticos como esses ficam fechados durante esta estação do ano.

 A cidade de St. Ursanne
Não adianta, a Suíça no inverno é isso mesmo. Vivendo aqui a gente vai vivenciar muitos dias assim: de névoa e neblina. Dá até pra escapar um pouco desses dias indo para as montanhas. Lá é onde as pessoas esquiam e - há mais probabilidade de ter sol. Entretanto, não há como fugir por muito tempo dos dias nublados, a não ser que a gente vá para o Caribe (rs...) ai, são outros quinhentos.... mas, o que eu quero dizer é que é preciso preparo, principalmente psicológico, para encarar o inverno daqui. Afinal nem todas as cidades são como Zurique ou Genebra, onde há mais movimento e mais gente circulando, mesmo durante o inverno. Entretanto nenhuma dessas cidades vai conseguir driblar por muito tempo o ar taciturno que certamente o inverno trará.
Igreja de St.Ursanne
St. Ursanne na região francesa da Suíça, está ai para confirmar isso. Pertencente a região do Jura, a cidade faz parte do distrito de Porrentruy. St. Ursanne tem cerca de 1000 habitantes e tem como atração turística o Mosteiro de mesmo nome. Aliás o seu nome refere-se à São Ursicinus, um monge que construiu esse mosteiro lá. Infelizmente, quando eu estive em St.Ursanne o Mosteiro estava fechado (inverno!!) mas eu fiquei muito interessada em visitá-lo assim que a primavera chegar.

 Mosteiro de St.Ursanne: fundado no século 11. Mais de 900 anos de história!

St. Ursanne, que já pertenceu à França, tem um centro histórico que pouco mudou ao longo dos séculos. Ele é caracterizado por casarões que datam do século XIV ao século XVI. Atualmente a cidade possui alguns hotéis e até um cabaré, quem sabe para alegrar os dias dos solitários do inverno. (rs.)

A cidade é cortada pelo rio Doubs que faz um percurso em St.Ursanne antes de circular para a França. Desde janeiro de 2009 St.Ursanne foi anexada (juntamente com outras cidades do cantão Jura) ao novo município de Clos du Doubs.
 
 St Ursanne e o Rio Doubs

Já que o inverno é longo por aqui, o jeito é tentar aproveitar no estilo "é o que tem pra hoje", ou melhor, para o inverno (eu procuro sempre pensar assim, acho que é tipo uma fórmula contra o mau humor e o pessimismo). Porque, felizmente, aqui há também muitos dias de céu azul. E, a gente sabe, que eles virão.

4 comentários:

  1. Olá Sandra,

    ae fores passear para a montanha encontras bastante movimento :D No fim-de-semana fomos percorrer o caminho Felsenegg – Üetliberg e cruzámo-nos com imensa gente. Concordo, quando referes que a Suíça é muito silenciosa no inverno, por vezes, ouço apenas os carros a passar. Até as crianças ficam mais silenciosas a caminho da escola.

    Beijinhos,
    Débora | Heidiland

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora. Faz algumas semanas que estivemos nas montanhas. E sim, tinha bastante gente por lá :-), além do céu estar mais azul também.
      Tudo fica ainda mais calmo no inverno, mas até a isso a gente se acostuma, né!? Bom fds!!

      Excluir
  2. Tudo muito lindo ai amiga, realmente deserto parece cidade de cinema.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece cena de filme de terror né?! hahaha. Bjs

      Excluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...