8.9.14

As típicas casas do cantão de Wallis

"Então o lobo mau gritou:"
- "Abram logo essa porta! Senão eu vou soprar, soprar, soprar, e essa casa
de madeira eu vou derrubar
!"
(Os três porquinhos).


Acho que são casinhas parecidas com a que temos no nosso imaginário, quando lembramos da historinha dos três porquinhos, que eu vi no povoado de Münster.


Münster é uma pequena vila, cujas casas de madeira dominam as suas ruas. O povoado fica localizado no cantão de Wallis (ao sul, já a caminho da Itália) na Suíça de lingua alemã. O cantão de Wallis é dividido entre dois cantões: o lingua alemã (Wallis) e o de lingua francesa (Valais). O francês é a lingua materna de mais de 60% da população.


Estas casas foram feitas de madeira de riga (uma espécie de pinheiro) e foram construídas para serem "Einweckbauten", que significa algo como "feita para morar e trabalhar sobre o mesmo teto". As casas foram construídas para serem funcionais e não somente para ostentarem beleza e rusticidade.


As casas são muito bonitas, rústicas e bem cuidadas. Lembram muito aqueles
chalezinhos de montanha que aparecem em filmes.



Algumas casas da região, aos poucos foram se modernizando, mas mantiveram o estilo de usar madeira na construção.


Uma curiosidade é que as casas mais antigas, que precisavam armazenar grandes quantidades de alimentos, começaram a serem invadidas por ratos. Foi então que estacas de pedra em roda foram fincadas acima da base, impedindo que os roedores conseguissem subir e entrarem na casa. Boa idéia!

Casa com a "Mäuseplatten", a pedra contra os ratos.
Estar nesta vilinha não foi nada planejado. Estavamos na rota para Bettmeralp (escreverei sobre em outro post), quando nos deparamos com este povoado no nosso caminho e resolvemos parar.


 A região é cercada de casas para temporada (ferienwohnung) e hotéis que auxiliam aqueles que estão de passagem pela região, tanto no inverno como no verão. E por falar em verão esse final de semana foi ótimo. Espero que os dias de sol fiquem por aqui por mais um tempinho!

Mochileiros se preparando para "Wandern", a caminhada nos Alpes.
Foi uma grata surpresa, descobrir um lugarzinho tão típico suíço e com casas tão preservadas como as que vimos.



 A Suíça é um país pequeno e de fácil mobilidade, tanto de carro, como de ônibus ou trem. A cia suíça de trens, a SBB, te leva até nos mais profundos rincões do país...rs..


Wallis não é um local que aparece muito em roteiros e folhetos turísticos quando se fala em Suíça - apesar de ser nesta região que está localizada um dos maiores símbolos da Suíça, a montanha Matterhorn, que é conhecida como a montanha do Toblerone - mas que vale a pena ser visitada, tanto no verão quanto no inverno.



Próxima parada: Bettmeralp. Bis bald! (Até beve!)

20 comentários:

  1. Dizem q elas rangem e fazem muito barulho qdo venta...será?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei não...ainda nâo tive oportunidade de estar dentro de uma nesta situação, rs..

      Excluir
  2. Que lindas! Realmente parecem saídas de um conto de fadas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muito lindas mesmo e o mais interessante é que em pleno século 21 ainda se mora em casas assim. Luxo! :-).

      Excluir
  3. Voce acertou, porque quando via as fotos lembrei na hora das casinhas dos contos de fadas no meio da floresta encantada...rsrs.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sempre me lembro dos contos de fadas quando vejo essas casinhas :-). Elas são muito fofas!

      Excluir
  4. Oi Sandra! Adorei seu blog e suas fotos; vou te linkar! Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana! Entre e fique a vontade e obrigada por me linkar! Bjs

      Excluir
  5. Du genießt ja wirklich die schönsten Seiten deines Wahllandes Schweiz! Fühlst du dich eigentlich mehr als Schweizerin oder (immer noch) mehr als Brasilianerin? Oder liegt die Wahrheit - wie meistens - irgendwo dazwischen?
    Im Wallis war ich schon lange nicht mehr - ein Grund mehr, dorthin irgendwann wieder einmal zurückzukehren!
    Grüezi, Uwe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Immer noch Brasilianerin, natürlich :-)! Aber, ich kann dich sagen dass ich mich in der Schweiz angepasst fühle. LG und schöne Woche!

      Excluir
  6. Poxa, que casinhas mais lindas! Essas paradas inesperadas são sempre cheias de surpresas. Moraria fácil numa dessas! :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu nunca entrei em uma casa assim. Quer dizer, já, mas era uma casa turística, aberta para visitação. Gostaria de saber como é na vida real lá dentro. Talvez eu morasse se tivesse todo o conforto de uma casa convencional e fosse na cidade,rs... Bjs

      Excluir
  7. Sandrinha, tirando o estilo das casas de madeira, me lembrou o norte da Espanha. Adoro lugar assim, verde, montanhoso, na verdade sou mais de montanha do que praia :-) e vilarejo assim , perfeito ! E a culinária local ? Love xxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto muito de lugares de montanha, mas já estou ficando com saudade de praia :-).
      A culinária é a base de pratos com queijos diversos e tb um tipo de presunto feito nesta região. Agora começou a temporada de pratos feitos a base de carne de caça. Carne de porco e de vaca, são servidos o ano inteiro :-). Bjs

      Excluir
  8. Ai que lindas as casinhas de madeira, sou apaixonada por casas de madeira, essas aí entao, sao lindíssimas!! Me lembraram um pouco as que vi no Museu Folclórico em Oslo na Noruega...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As casinhas são tão diferentes do que estamos acostumados a ver, que parecem mesmo "coisa de museu", rs.. que pertenceram a um tempo antigo. E tem gente morando lá! Bjs

      Excluir
  9. Sandra, que saudade de vc rs... adorei esse lugar, que casinhas mais lindas!
    O verão foi bem aproveitado por aí?

    K!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na medida do possível, rs... choveu muiiiito!! Espero que o outono seja melhor. Bj

      Excluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...