14.8.14

A tranquila Scuol

Fica até difícil encontrar um adjetivo diferente para nomear as cidades alpinas da Suíça que não sejam, "tranquila", "pacata", "calma" "sossegada" e semelhantes.


E com Scuol não poderia ser diferente. Talvez na temporada de inverno a cidade fique um pouco mais agitada por conta dos esportes de neve. Mas no verão a calma e a tranquilidade parece que também prevalecem por lá.


Assim como Tarasp e Samnaum, Scuol também está localizada no cantão de Graubünden no acesso para Davos e St. Moritz.


O nome da cidade deriva do latim, Scopulus, e passou por muitas mudanças através dos anos. Até 1943 o nome oficial era Schuls (que é o nome da cidade em alemão), depois passou a ser Bad Scuol/Schuls. Em 1970 a cidade passou a se chamar somente Bad Scuol. Até que, finalmente em 1999, o nome da cidade passou a ser oficialmente Scuol.

Calma total em uma tarde de sábado de verão
A cidade tem cerca de 4.800 habitantes e é muito conhecida pelo seu clima ensolarado na maior parte do ano, mesmo no inverno, onde o sol brilha mais horas por dia do que a média das cidades suíças. E realmente, saindo de Samnaun, deu pra ver a mudança nítida de temperatura. Realmente, o sol brilha mais em Scuol.


A região está cercada pela cordilheira alpina e ainda assim é uma das regiões mais secas da Suíça, entretanto, apesar disso, neva bastante no inverno.


A cidade não sofre por falta de neve e a temperatura no inverno chega facilmente a menos 20 graus de temperatura.



É um destino muito apreciado também por causa das águas termais curativas. Muitos hotéis/spas oferecem tratamento através da água que é naturalmente gaseificada.

Algumas fontes públicas são geralmente equipadas com duas torneiras: uma com água normal e outra com água gaseificada. Ambas potáveis.


Arquitetura típica das casas da região do Engadin

Scuol é um destino tranquilo, no verão é ideal para quem é adepto das caminhadas. Wandern ou Nordic walking, como são conhecidas as caminhadas nos alpes. No inverno, certamente a cidade "bomba", do jeito suíço, é claro, rs... pela quantidade de neve e pela estrutura montada para alcançar o topo dos alpes e esquiar.

Eu só preciso aprender a esquiar. Ainda não tive vontade e coragem de fazer isso. Quem sabe um dia...

14 comentários:

  1. Depois de uma queda que levei o ano passado, nada a ver com neve; esquiar para mim só em pensamento! hahaha Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, queda sempre deixa trauma :-(.

      Excluir
  2. Lugarzinho lindo esse…. Nao sei pq mas so pensava em chocolate enquanto lia o post :)
    Eu odiei esquiar, Sandra. Nao que eu lève jeito claro! rs Mas levei varios tobos e nao achei nada seguro. Acho que eu to ficando muito velha.

    Beijao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda nem tentei esquiar Lisa. Mas como eu não sou lá fã de esportes radicais, já intui que nâo gosto, hahahaha. Bjs

      Excluir
  3. Ohhh, serei sincera...esta cidadezinha aí, achei meio sem sal! rs Deve é bombar então na alta temporada, né, da neve rs Eu também queria tanto saber esquiar, mas não posso não me arriscar! rs Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah, a cidade é mesmo devagar quase parando... alta temporada deve ser legal para quem curte esportes de neve. Bjs

      Excluir
  4. Ai adorei saber das aguas termais, adoro banhos assim...rs. A cidade e muito linda mas eu acho que se tivesse que escolher uma epoca pra ir, iria no inverno justamente pra esquiar muito...rsrs.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Banho termal é uma delícia. Estou só esperando o outono chegar para me jogar em uma piscina dessas, rs... Bjs

      Excluir
  5. Eu acho tudo tão lindo ai,as ruas são largas, não tem muros limitando territórios, tudo é limpo e aparentemente perfeito.

    Sdd de vc

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bel, realmente as casas não tem aqueles muros altos de proteção. A sensação de segurança é nítida. Mas nem tudo é perfeito... o indíce de suicídio, mesmo com tudo o que o país oferece, ainda é alto. Bjs

      Excluir
  6. Lindo! Consigo-me ver a viver aí... Ainda mais por ser ensolarada :D
    Tem empregos aí para quem não é engenheiro ou médico?
    as pessoas vem os estrangeiros que trabalham com bons olhos ou acham que "vão roubar" trabalho aos locais?
    Enfim, sonhos... lindas fotos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mercado de trabalho é muito concorrido por aqui, até porque a Suíça passou quase que ilesa pela crise da união européia. Sei que em algumas áreas (como informática, medicina, engenharia) há carência de profissionais qualificados. Tudo depende da área em que você trabalha... estrangeiro ou não, o importante é se qualificar para o mercado de trabalho. Concorrência entre os locais e os estrangeiros haverá sempre.

      Excluir
    2. Obrigado pela dica. No meu caso ou tiro um novo curso dentro dessas áreas ou não tenho hipótese. Tenho licenciatura em marketing e isso não é de grande valia. Já pensei em encontrar outra área de interesse e começar do zero. Mas os receios que a idade seja a nova barreira eliminatória também assombram. Enfim, assim a vida e a realidade laboral.
      Bjs e votos de tudo de bom para aí, aparentemente é um local lindo para se viver!

      Excluir
  7. Güezi, Sandra!
    Das sieht ja alles sehr schweizerisch aus auf deinen Bildern. Ich war ein paar Tage an der deutschen und dänischen Nordseeküste und da sieht die Landschaft "geringfügig" anders aus... ;-)
    Aber den ein oder anderen Schweizer habe ich dort auch gesehen, der sich ohne Berge dort wohlgefühlt hat... ;-)
    Liebe Grüße aus dem Land der Schwaben,
    Uwe.

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...